"O passado não reconhece o seu lugar... está sempre presente."
( Mário Quintana )
Vassourando - ativo desde 17/05/2007.

O fim do Orkut

By Bruxx
Chega ao fim, a primeira rede social do brasileiros.



É, caro (a) Vassourante, não teve jeito.
O amado, idolatrado, salve salve, Orkut, chegou mesmo ao fim.

À princípio achei que fosse boato, intriga da oposição e tal.
Mas, não... é fato venéreo verídico, mesmo.

Eu era usuária assídua.
Eu resistí muito para aderir, até porquê, no começo era tudo em inglês e, eu apanhava para desenvolver até o perfil.
Lembro que assinalei no perfil, que tinha piercing em lugar secreto, íntimo e estratégico... (risos).
Que vergonha. Só depois de traduzido, que vi a besteira que fiz.

*** Clique nas imagens para ampliar, para melhor visualização



Lembra quando tinha um número limitado de foto, para postar?


E os (as) amigos (as) então?
Tinha a galera do "mundo real" (amigos e familiares) e, os "amigos virtuais", tão importantes e queridos quanto.
Scraps, depoimentos, imagens, gifs... tudo isso vai deixar saudades.



Aos poucos fui driblando as dificuldades, aprendendo a publicar fotos, entrar e postar em comunidades, etc.
Aí sim... criei gosto pela coisa.

Aliás, o Vassourando existe, graças às comunidades do Orkut.
No começo, eu ia nas comunidades para aprender a mexer no blog, colocar widgets, mexer no template... enfim, à conhecer realmente, como funcionava um blog.
Me adequei tão bem, que acabei  moderadora de duas comunidades blogueiras.
A que eu mais me identifiquei e, fiz mais amigos e, permanecí mais tempo, foi a comunidade "Blogger (blogspot.com)".


As pessoas perguntavam e eu (bem como os demais moderadores) respondia.
Quando não sabia determinada coisa, eu fuçava na net, testava num blog designado para testes e, passava a dica.
Era muito legal!

Não sei precisar quantas milhares de pessoas eu conhecí (isso mesmo, milhares), que utilizaram minhas dicas. As minhas e, as de outros moderadores também, é claro.
Foi um período muito interessante.
Eu virava a noite, buscando respostas para os membros das duas comunidades.
E, quanto mais eu "ensinava", mais eu aprendia. E assim. ia me aprimorando.


Eu era membro de muitas outras comunidades...  música, de tv, edição de fotos, antiguidades, etc.
Mas, entre elas, uma outra que marcou bastante, foi a "Nascidos em 1963", o título já fala por si.
Éramos todos de uma mesma época e, as experiências que trocávamos eram, simplesmente, fantásticas.



Fica aqui o meu agradecimento à todas as pessoas que eu conhecí.



E, principalmente, às que se mantiveram comigo até hoje, através do Facebook.
São elas:

-  Quel Labarca (do extinto "Nascer do Coração")
-  Descharth (Estimulanet) 

Os meus agradecimentos também, à todas as comunidades que me acolheram, e disponibilizaram gentilmente, os seus arquivos.


Segue abaixo, a carta do diretor de Engenharia do Google, Paulo Golgher, informando que a desativação ocorrerá em 30 de setembro.
O Google pediu desculpas aos usuários, mas explicou que ela é necessária, já que o Orkut deixou de ser relevante devido ao surgimento de melhores plataformas.



Bom, como tudo que é bom, dura pouco... eis que é chegada a hora de dar adeus ao, já saudoso, Orkut.

Valeu, Orkut !
24/01/2004 - 30/09/2014


The End




1 Comente aqui :

André Scharth vassourou...

Triste e doloroso. 60% das coisas que aprendi na internet foram através de comunidades especializadas do Orkut.

Ainda acho que o que afastou o publico Brasileiro do Orkut e o levou para o Facebook foram os formatos equivocados que permitiam aqueles gifs abusivos e chatos e as solicitações infinitas de jogos. A coisa chegou a tal ponto que era impossível ler os scraps.

MNas enfim, ficam as lembranças boas.

Postar um comentário

Olá, Vassourante... bem vindo (a)!
Se você se identificou, se emocionou ou se divertiu com essa postagem, deixe o seu comentário.
Grata pela visita, volte sempre!