O passado não reconhece o seu lugar... está sempre presente.
( Mário Quintana )

LUTO - Mãe, descanse em paz.

By Bruxx
LUTO
Mãe, descanse em paz. 

Clique na imagem para ampliar
Dona Constantina 
(20/10/1920 - 17/10/2010)

Ah mãe... dona Constantina ou, Mãezinha (como os netos e amigos a chamavam).
Já falei sobre a senhora aqui nesse post, lembra? 
A senhora ficou toda, toda... dizendo que era importante porque, estava com a foto na net, para todo mundo ver.
Que linda !!!

Mas, hein?
Isso é coisa que se faça?
Partiu quietinha, na calada da madrugada.
E agora?
A senhora me ensinou a dar os primeiros passos, a comer... me preparou para a vida.
Mas não me ensinou a viver com sua ausência.

A senhora me conhece e sabe da minha força para lutar, foi a senhora que me fez guerreira.
Mas, a senhora também sabe, da minhas fragilidades.
E falar, nesse momento da sua partida, é uma delas.

Ainda posso ouví-la respondendo "Deus te abençoe, fia"... quando eu falava "bença mãe".

Só quero, mãezinha... dizer pra senhora o quanto eu lhe sou grata por tudo... desde quando me acolheu como sua filha, aos três meses de idade... até o dia de hoje, com todos os seus ensinamentos.

Que Deus receba a senhora, na glória... a senhora que, sempre foi uma cristã de causar inveja, com uma fé imensurável.
O lugarzinho da senhora já está preparado, cheio de flores e bênçãos.
À nós, só resta conviver com a dor, que aos poucos, vai se transformar em saudade...
Descanse em paz... na merecida paz.

Não sei se o momento é oportuno, enquanto tristeza... mas ela gostava tanto dessa música, que resolví colocá-la aqui novamente, como homenagem.



The Walkers - There´s No More Corn on the Brasos (clique para ouvir)

The Walkers - There´s No More Corn on the Brasos (clique para baixar)

Um anjo em minha vida
Meu exemplo de vida

 Para Sempre - Carlos Drummond de Andrade

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.




MÃE, PARA SEMPRE, MÃE... 
.
Vassourando as lembranças do passado, desde 17/05/2007.

20 Comente aqui :

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails