"O passado não reconhece o seu lugar... está sempre presente."
( Mário Quintana )
Vassourando - ativo desde 17/05/2007.

Piquenique - bons tempos

By Bruxx
Clique nas imagens, para ampliar

De tantas coisas que curtí na infância, uma delas não pode ficar de fora.
O velho e bom piquenique... ah, como era bom!!
Bateu uma saudade, agora... um programa tão bom e que, cada dia mais, é esquecido.

Aposto que muita gente só conhece piquenique, nos desenhos do Zé Colméia, e olhe lá.
Pois eu sou do tempo (adoro isso)... que piquenique era uma opção de lazer, das mais praticadas.
Qualquer lugar que tivesse grama, servia... um parque, um campinho de futebol, zoológico... até no jardim de casa, eu já fiz piquenique.
Lembrando que piquenique sozinha, só no jardim mesmo... e, com namorado, só se tivesse alguém para segurar vela da família junto.

Uma cesta de vime, guloseimas, tortas, café, pão, bolo, frutas, suco e voilá... era só alegria !!!
Nem tínhamos geladeira de isopor, repelente, água mineral, etc.... era tudo bem simples mesmo.
Até as formigas eram bem vindas... já que era difícil se livrar delas.
Mas, que era bom, isso era!

Além de proporcionar bons momentos em família, também era estimulado o contato com a natureza.
Entre uma refeição e outra nós, crianças, brincávamos livremente... jogávamos bola, rolávamos na grama, etc.
Os adultos, batiam papo, jogavam baralho e tal.
O dia passava tão rápido, que mal podíamos esperar, para um novo episódio.

Hoje, com tantas opções de lazer (ou, por comodismo), essa prática caiu no esquecimento.
Talvez, esse seja um dos muito motivos que tem tornado raro, um encontro familiar.
Cada um vai para um lado.
A família não se reúne mais, exceto em casamentos ou velórios... e olhe lá.
Tá, talvez eu esteja exagerando um pouco mas, não estou de todo errada, estou?

Também não dá para resgatar um costume tão antigo e inserir num mundo tão moderno.

O meu último piquenique foi em 1996, no zoológico... eu, o maridão, o filhote e um casal de amigos.
Foi ótimo!
Vivo "arquitetando" outros mas, agora filhote é adulto, marido gosta de ficar em casa... aí fica difícil.
Vou acabar pegando minha cestinha, a tolha xadrez e partindo para o piquenique sozinha...rsrrs

Na época da Jovem Guarda, tinha até uma música, do Wanderley Cardoso chamada "Piquenique".

Beijokinhas cheias de energias azuis!

10 Comente aqui :

Dragus vassourou...

Este ano fiz um.

Ainda não é uma tradição morta, mas fizemos como se fosse coisa dos avós... =/

::Gri Bongiovi:: vassourou...

AAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHH...
Eu adorooooooooooooooooooooo!!!
Sabe de uma coisa???
Eu nunca fiz piquenique quando era criança... hahahahahahhaha
No meu tempo, eu só via isso no desenho do zé colméia!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Comigo foi ao contrário!!!!
Eu via, fiquei na vontade, e hoje faço com meu marido e meu filho sempre num parque que tem na minha cidade, Rio de Janeiro, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão!!!
Lá tem um gramadão lindo e grande, daí faço vários petiscos e levamos em alguns finais de semana, sentamos e ficamos comendo e curtindo a linda vista que temos de lá!!! hahahaha
Coisa boa , né Bruxx? Porque vc não volta a fazer? tão bonnnnnn...
Adorei essa postagem!
Beijovissssssss
amo vc!

Arthurius Maximus vassourou...

Fiz muitos picnics com minha família quando era criança. Bons tempos em que não haviam arrastões e tiros eram só coisa de lugares "barra pesada" da cidade.

Bruxx vassourou...

::Gri Bongiovi:: , querida!
Então, amada... meus primeiros piqueniques, foram com a turminha da escola, no primário.
A professora promovia esses eventos, com o objetivo de nos enturmar, socializar mesmo.
Brincávamos, cantarolávamos musiquinhas e tal.
Graças à essas lembranças, eu sempre cultivei essa prática.
Bons tempos, bons momentos...!!!

Beijokinhas cheias de energias azuis !!!

Bruxx vassourou...

Arthurius Maximus...
Bem lembrado, viu, sobre os arrastões.
Teve um tempo, num parque onde frequentava, que aconteceram muitos ataques... desde assalto até estupro.
Felizmente a polícia foi eficiente e afastou esses marginais e a paz voltou a reinar.

Beijokinhas cheias de energias azuis!!!

Bruxx vassourou...

Dragus...
Percebe como as coisinhas antigas são prazeirosas?
Num mundo tão corrido e tão fútil... ainda temos uma opção de lazer tão simples.

Beijokinhas cheias de enrgias azuis!!!

Sonia vassourou...

Excelente post!
A gente volta atrás nas lembranças.
Engraçado!Quando pequena fiz muitos piqueniques e nunca fiz com o meu filho.
Essa tal modernidade que nos consomem mesmo!
Bjsss...milll

Bruxx vassourou...

Sonia...
Obrigada pelo elogio, viu.
A proposta é exatamente essa... voltar lá no fundinho da memória e reviver os bons tempos que ficaram para trás.

Quanto ao piquenique com seu filho, ainda tá em tempo.
A modernidade é importante, mas não é tudo.
Os prazeres da vida estão nas coisas mais simples.

Beijokinhas cheias de energias azuis !!!

Pedro @gm vassourou...

Nossa, isso é simplesmente A CARA da minha infância!!! Eu fui alfabetizado, em Porto Alegre, no Instituto de Educação General Flores da Cunha, que é ao lado do Parque da Redenção, o maior parque da capital gaúcha... Ou seja, não é preciso dizer que piqueniques rolavam muito... Maravilha total... Saudades, MUITASSSSSS!!!! ^^

izabelanomade vassourou...

Hoje mato a saudade dos piqueniques
indo para o bosque onde, na minha cidade têm um açude enorme. lá até nas figueiras gigantes, subo.

Beijos!

Izabel

Postar um comentário

Olá, Vassourante... bem vindo (a)!
Se você se identificou, se emocionou ou se divertiu com essa postagem, deixe o seu comentário.
Grata pela visita, volte sempre!