"O passado não reconhece o seu lugar... está sempre presente."
( Mário Quintana )
Vassourando - ativo desde 17/05/2007.

Mula-sem-cabeça - lendas e causos

By Bruxx
Clique nas imagens para ampliar

"A Mula-sem-cabeça sai pelos campos soltando fogo pelas ventas (narinas) e relinchando, apesar de não ter cabeça."

Reza a lenda que se uma mulher, virgem ou não, estivesse fazendo sexo e fosse interrompida por um padre católico se transformaria em Mula-sem Cabeça.
Outra versão é que, se um padre engravidasse uma mulher e a criança fosse do sexo feminino viraria mula-sem cabeça e se fosse menino seria um lobisomem.
Essas são apenas, algumas, das versões... existem outras, veja ---> aqui e aqui.

Há quem diga que se alguém passar correndo diante de uma cruz, à meia-noite, ela aparece.
Medo, medinho, muito medinho.

Mas, como assim?
"Sem cabeça e solta fogo pelas narinas..." ???
E... por quê, "cargas d'água", um padre interromperia um ato sexual?
Quanto a, um padre engravidar uma mulher... isso já virou lugar-comum, né.
Mistééério.

E não é que a gente acreditava?
Para falar a verdade, eu ainda acredito...rsrsrs

Pensando bem... se a gente tem até presidente lula-sem-cabeça... duvidar do quê, né?

Vou te contar, viu...
Esse era um jeitinho especial que nossos, pais, mães e avós usavam para nos dizer que a gente ia se ferrar "alertar" se fizéssemos coisa errada.
Bastava sentir no ar que a gente estava para aprontar alguma e pronto... lá vinham as histórias de arrepiar... já citei algumas, veja ---> aqui.

Para dar um efeito mais assustador convincente, essas histórias eram contadas, em noites de temporal aliadas à falta de energia.
Imagina só... esses "causos" contados à luz de velas, com trovões e relâmpagos.
As imagens criadas em nossas cabeças, praticamente, se materializavam... credo.
Agora me fala... era ou não era uma tortura nazista?

Bom.. verdade, mentira, mito, lenda, causo...vai saber.
Eu nunca quis pagar pra ver.
O que é fato... é que, se essa e outras histórias era contadas para nos coibir... acredite, funcionava.

Clique na imagem para ampliar

8 Comente aqui :

EAD/JOYCE vassourou...

Eu acho ótimo, faz bem sentir um medinho. bjs

Blog do Mijadinha vassourou...

Nesta época em que os pais contavam as histórias de mula-sem-cabeça, lobisomem e outras assombrações, nesta época que ciança brincava de bolinha de gude e pião, não havia tempo para cheirar drogas nem fazer bobagens quanto aos dias de hoje. Parabéns pelo seu conteúdo !!!

Beijos !

Dragus vassourou...

Eu acredito e tenho medo tanto da lula-sem-cabeça quanto do fantasma da moto-serra ou do abominável aécio-das-neves.

Mula sem cabeça queria ter uma, só pra passear por aí. =p

Bruno vassourou...

Olha que uma vez fui pra uma fazenda com minha vó, ela contou a história e eu juro que vi um foguinho no meio do mato à noite! Hahaha!

Agora medo, medo mesmo eu tinha da loira do banheiro que aparecia na escola! Deuzolivre.

Beijão, Bruxx

Bruxx vassourou...

EAD/JOYCE...
O medo é bom, para a gente se acautelar.
Excesso de segurança nunca dá certo, né.

Beijokinhas e obrigada pela visita.
*

Bruxx vassourou...

Blog do Mijadinha...
Nessa época, as mentes eram ocupadas, o pensamento era voltado pra um período infantil, mesmo.
Ninguém antecipava nada... as coisas aconteciam naturalmente, tudo à seu tempo.
Bom diferente dos dias de hoje, né.
Obrigada pelo carinho.
Beijokinhas
*

Bruxx vassourou...

Dragus...
Também acredito no lula-sem-cabeça e morro de medinho...kkk
Beijokinhas, querido.
*

Bruxx vassourou...

Bruno...
Nas minhas andanças em casa de avós e tios em sítios... já ví cada coisa que até Deus duvida.
Ah sim... eu fui vítima, da vítima, da loira do banheiro... tá postado aqui no vassourando... quando tiver um tempinho, passa lá pra ver.
Beijokinhas, amado!
*

Postar um comentário

Olá, Vassourante... bem vindo (a)!
Se você se identificou, se emocionou ou se divertiu com essa postagem, deixe o seu comentário.
Grata pela visita, volte sempre!