"O passado não reconhece o seu lugar... está sempre presente."
( Mário Quintana )
Vassourando - ativo desde 17/05/2007.

Traumas de infancia

By Bruxx
Clique nas imagens para ampliar

Boneca Dorminhoca e Bambi

Viu as fotos ampliadas???
Não?
Então, clica nelas, pra ver.
Me fala se não são terríveis.

Tudo bem, tudo bem...
Que nossas mães e avós eram , impecavelmente, caprichosas... isso é incontestável.
Mas, cá pra nós... elas gostavam de uns enfeites, assustadores...rsrrs

Na parede, quadros de antepassados... fotos amareladas, antigas... de mil novecentos e garrafa de rolha.
A sensação que dava é que, eles nos seguiam, com os olhos.
Era tão estranho... que medo!

Em cima da cama, se usava muito, colocar aquelas bonecas que ficavam de bruços... as chamadas "dorminhocas".
Gente.. aquela boneca era medonha.
O rosto e as mãos, eram de plástico, borracha, sei lá... e o corpo, era recheado de panos.

Olha que, pensando nisso, agora entendo porque as camas nunca ficavam desarrumadas.
Nenhuma criança se atrevia a chegar perto delas.

Tá na cara.. era o pavor das bonecas...rsrsr
Bonecas de porcelana, então, nem se fale... mas, isso é tema, para outro post.

Não, não pára por aí.
Nas salas, era comum, ter um adorno tão assustador como, as bonecas e os quadros, acima citados.
O bendito Bambi de pelúcia... e eu, não estou fazendo nenhuma analogia, aos são-paulinos.
Mas, aquilo era terrível, de feio.

Eu, particularmente, usava o bambi, como cavalinho... para desespero da minha mãe que, "a-do-ra-va", o tal enfeite.
Desculpa mãe... mas, graças aos céus, essas "coisas meigas"... mais "coisas", do que "meigas" ... saíram de moda.
Depois desse post, descobrí a origem de alguns traumas... que merda.

4 Comente aqui :

PaTy_ vassourou...

Olá adorei tudo aqui, sou kelle e hoje coleciono bonecas antigas e atuais, quero a mãezinha antiga, ainda não encontrei uma.
Sabe acho que nossa infância foi daquelas que deixará sudades para sempre e acho também que se todas a s crianças de hoje pudessem dar um pulinho lá naquela época em uma máquina do tempo, talvez ´~ao quisessem mais voltar embora têem muita tecnologia a sua disposição , mas ha, aquela liberdade e a alegria que tínhamos e o carinho pelos nossos brinquedos, isso ficará para sempre.
Se eu perguntar para meus filhos hoje qual foi o primeiro brinquedo que eles ganharam, não se lembram mais, tem tantos que nem sabem quais são.
Agora, eu me lembro da minha susi noiva, que sonho ,lembro meu pai chegando da viagem que seu caminhão quebrou na estrada e ele veio de trem, chovia muito e era madrugada, lembro dele entrando na porta da sala, com o embrulho todo molhado, tenho ela até hoje e olha tenho 40 anos.
Beijos, vou sempre dar um pulinho aqui ok.
Pode me responder por email: kellegodoy@ig.com.br

Pessoal vamos criar uma comunidade no ORKUT, PARA QUE POSSAMOS COLOCAR NOSSAS RECORDAÇÕES DE INFANCIA.

Bruxx vassourou...

Oi Paty, como vai?
Obrigada pelo carinho e, por suas palavras, tão gentís.
Realmente, nossa infância foi memorável... não éramos exigentes e , tudo o que ganhávamos, era de extremo valor sentimental.
Não é a toa que foi tão marcante.
Hoje as crianças tem tudo, do melhor, e pouco valorizam.
Sequer reconhecem o sacrifício que os pais fazem, para poder proporcionar felicidade.

Com relação à boneca Mãezinha, você vai encontrar no Mercado Livre.
Andei pesquisando e ví que tem a boneca Mãezinha dos anos 70 e, a dos anos 80.
No caso na boneca dos anos 80, em alguns casos, ela não vem com o bebezinho. Mas, ele é encontado separadamente.
O preço varia de vendedor para vendedor... de qualquer forma, já tem onde encontrar.

Adorei sua visita e seu comentário... principalmente, por ter compartilhado um momento feliz da sua vida.
Seja sempre bem vinda!
Fique a vontade para fazer críticas e/ou dar sugestões de temas que gostaria de relembrar.
Beijokinhas carinhosas, cheias de energias azuis!

Krys (krysserb@hotmail.com) vassourou...

Meu Deus!!
Eu também tinha uma dessas "dorminhocas"! Não me lembro da cor, mas era esse estilo mesmo!! Meu Bambi diferia apenas na cor do seu. O meu era verde e bege. Eu tinha também uns bonecos grandes, de plástico duro, do Mickey, Donald, Pluto que duraram toda minha infância apesar de eu não brincar com eles a maior parte do tempo. Esses foram brinquedos da minha primeira infância.
Depois vieram as Suzis. Eu nunca tive a Noiva. Era doida por uma, mas meus pais não quiseram me dar. Lembro que lá em casa tinha uma certa discussão sobre estimular fantasias precocemente... De forma que minha Suzi preferida, a mais linda de todas as que eu tive, era a Mexicana. Seus cabelos longos e com suave ondulação nas pontas eram ruivos, sua pele era bronzeada, de um moreno dourado claro que não chegava a ser mulata. Ela tinha um sombrero de feltro preto fantástico, blusa de mangas bufantes branca e calça preta, além de um lenço colorido caindo do ombro em diagonal até alcançar a cintura. Eu tenho várias fotos com ela! Brinquei e fui muito cuidadosa com ela até que em uma das mudanças ela sumiu...
E das bonecas grandes eu tinha várias, mas a que eu não cheguei a ganhar é uma das que eu mais me lembro: a Papinha. Vinha com uns pacotinhos para fazer a comidinha e depois podia dar às colheradas essa papinha.
Com as outras todas eu brinquei muito: Gui-Gui era a que tinha o rosto mais simpático, me lembro que nas brincadeiras eu tinha um carinho especial por ela, nunca deixava que ela ficasse fora das brincadeiras, era sempre minha filha. Mãezinha, era a mais bonita, mas por causa dos movimentos que ela fazia para ninar o bebezinho, ela mantinha uma postura que eu considerava como metida, por isso em algumas vezes a deixava de fora da brincadeira. Tippy era a que tinha mais cara de bebezinho, sem contar que ela empurrava o cavalinho e andava no velotrol, e se deitada de barriga para cima, ainda balançava as perninhas... Muito fofa!
Tinha o Manequinho que tinha peruzinho, mamava água na mamadeira e fazia pipi num peniquinho.
Bom relembrar essas coisas!

Bruxx vassourou...

Krys, minha linda!

Menina, parece que eu visualizei tudo o que descreveu no comentário, que delícia!

Bons tempos aqueles, não é mesmo?
Tempo em que nós tínhamos uma ingenuidade e pureza, que existe mais.
As meninas de hoje, aos 6 anos, já estão com namoradinhos na escol... tão precoces... que pena.

Muito obrigada por sua visita, por suas palavras e pelo seu carinho.
São pessoas como você, que me motivam a manter esse cantinho, que agora também é seu.

Seja sempre bem vinda!
Beijokinhas carinhosas, cheias de energias azuis!
Bruxx
(Mirian)

Postar um comentário

Olá, Vassourante... bem vindo (a)!
Se você se identificou, se emocionou ou se divertiu com essa postagem, deixe o seu comentário.
Grata pela visita, volte sempre!