"O passado não reconhece o seu lugar... está sempre presente."
( Mário Quintana )
Vassourando - ativo desde 17/05/2007.

Cabelo ruim - Hene Maru

By Bruxx
Clique na imagem para ampliar

"Cabelo ruim é igual assaltante... se não está armado, está preso."
Bem assim, né.

Chama-se de cabelo encarapinhado (ou cabelo tipo carapinha), ou pixaim... um tipo de cabelo crespo, não-liso, de cor natural negra ou escura e característico dos negros. Ops... afrodescendentes.
(Alguns termos são empregados de forma pejorativa e podem ser considerados racistas e criminosos no Brasil).

Pode parar por aí...
Não tem nada a ver... eu sou branca e, meu cabelo é ruim, muito ruim.
Aliás, ruim não... malévolo, cruel... as vezes penso que, ele tem vida própria, tamanha a rebeldia dele.
Bom... agora a história é outra ... ele (o meu cabelo) se rendeu as maravilhas da atualidade (leia-se: chapinha... abençoada, chapinha).
E, como está comprido, já não dá mais tanto trabalho.

Mas, em outrora, muito antes da chapinha...
Antes de se ouvir falar de tratamentos como alisamento japonês, alisamento definitivo e de chapinha (em meados dos anos 70)... um dos sinônimos de, alisamento de cabelos no Brasil, era o Hené Maru.
Um pó, misto de tintura e alisante (posteriormente, já comercializado em forma de creme, para facilitar a vida da mulherada).

Era um sofrimento, aplicar o produto... uma verdadeira tortura.
O resultado eram fios duros e esticados, mas o produto era a única opção para quem não queria conviver com os cabelos carapinha cacheados.

Curiosidades sobre o produto:
Hené vem de henna, e Maru era o nome do cachorro do irmão do fundador da empresa, Álvaro Coutinho.
Criada em 1967, a Cosméticos Maru fabrica o alisante desde o início de suas atividades, e sempre com a mesma embalagem – uma caixa de papel cartão com um desenho inspirado na cantora Eliana Pittman.
A empresa tentou mudar a cara da embalagem três vezes, mas recuou, porque as consumidoras pensavam que o produto era falsificado.

4 Comente aqui :

Iza vassourou...

Hah! Pena que você não conheceu a famosa pasta alisante do Percy. que na época o pessoal trazia de Pelotas mas, não se sabia de onde ele tirava.
Bruxx, quando colocávamos aquilo, a pessoa tinha de estar cm luvas pois até chiava quando a pasta era colocada na cabeça. Se protegia testa,orelhas e pescoço com óleo de cozinha pois se caísse na pele queimava. Isso para as pessoas que tinham a pele menos sensível. O cabelo ficava preto e quase igual ao da Madame Mim do desenho, lembra?
Muito passei esse Hene depois que aquela pasta misteriosa quase arrancou meu couro cabeludo.
Meu cabelo até que é domável. Não tendo vento, é claro.
Beijos!

juliana vassourou...

caramba!! acabei de usar esse Maru...
ele nã oé ruim mesmo p aplicar, deixou meus cabelos bem baixos e com ondas + acentuada. não é ruim não e suja bem menos do q os hene em bisnaga.
eu uso hene, e digo 1 coisa, foi a melhor coisa q fiz...não obtive ainda 1 liso, estou na 11ª aplicação, mas sei q abaixou beeemmm meu cabelos e sei q irá alisar...
se quiser ter cabelos pretos e lisos: hene é a solução gradativa...bjão e amei seu blog
Obs: se quiser me add no orkut: meemee15@bol.com.br

Patty vassourou...

bem, meu cabelo então pode ser da mesma família que o seu. e apesar dos alisamentos, progressivas e chapinhas, tinha sempre o aspecto espigado, de piaçava, e adivinhem, to usando henê, não o Maru, e to adorando, pois pela primeira vez o liso parece natural, não tem cara de alisado....
beijos

http://embuscadolisoperfeito.blogspot.com/

Bruxx vassourou...

Oi Patty, tudo bem?

Só agora estou conseguindo responder os comentários, desculpe a demora.
Fiquei um tempão sem pc.

Menina, você não sabe...
Meu cabelo sempre foi meu arqui-inimigo...kkkk
Hoje, depois de muiiito tempo, ele resolveu se deixar domar.
Então... antes tarde, do que nunca, não é mesmo?

Obrigada pela visita e pelo carinho.
Seja sempre bem vinda!
Beijokinhas cheias de energias azuis!

Postar um comentário

Olá, Vassourante... bem vindo (a)!
Se você se identificou, se emocionou ou se divertiu com essa postagem, deixe o seu comentário.
Grata pela visita, volte sempre!