"O passado não reconhece o seu lugar... está sempre presente."
( Mário Quintana )
Vassourando - ativo desde 17/05/2007.

Água pura

By Bruxx
Clique na imagem para ampliar

Vai me dizer, que nunca viu, na sua casa, de algum parente... ou até mesmo conhecido, um filtro desses?
Filtro de cerâmica.
Isso mesmo... sem tratamento nenhum.
A água era tirada do poço, e colocada nos filtros.
O único benefício, era manter a água fresquinha... pouquíssimas pessoas, tinham geladeira.
Acredite se quiser.

E não era só em casa, que bebíamos água "pura".

Uma vez, fizemos uma excursão para o Pico do Jaraguá.
Puts, naquele tempo (1974), a trilha era de terra, sem guia, bem coisa de expedição, mesmo...
Depois de andar quilómetros, bateu a sede. Alguém teve a brilhante idéia de levar um copo?
Não mesmo!!!
Garrafa de água? Nem pensar. Naquela época não tinha nada disso...

O que fazer?
Simples! Pegamos uma folha, folha mesmo... de planta sem saber, se era venenosa, ou não... (ninguém pensava nessas besteiras, ninguem tinha frescuras).

Bom, resumo da ópera... usamos a folha, pra beber água da nascente.
Isso mesmo.
Existiam fontes de água fresquinha, com alguma qualidade de pureza, se assim se pode dizer, pois era possível beber diretamente das nascentes.

Tá legal, a gente até tinha lombriga vermes... kkkk
Mas, nada que um Licor de Cacau Xavier, não resolvesse... não sobrava nenhum verminho pra contar história.

Hoje em dia, é uma coisa... uma paranóia, mesmo.
É cloro aqui, depurador de água lá...
Pra quê, gente?
Por isso, tá todo mundo ferrado... cheio de neuras.
Tem que ser natural, pra criar anticorpos no organismo.

Tanto é que, estou aqui, firme e forte... sem vermes, contando essa história.

8 Comente aqui :

PEDRO MENEZES vassourou...

Oi Bruxx! Vim aqui retribuir a tua visita ao meu blog e me deparei com esse filtro de cerâmica - Nossa, direto do túnel do tempo!
Lembro de ter visto, pela primeira vez aos 5 anos de idade em um sítio.

Gostei bastante do que falaste com relação a criar anticorpos no organismo. Particularmente, acho que tem muita gente fresca por aí, que torce o nariz pro que não é 100% limpinho, mas comem salsichas, que até tenho medo de pensar do que são feitas...rsrsrs.

Sem palavras para descrever teu blog; muito show!
Ah!!! Adorei o morcego do teu cursor! =D

Beijos, amiga!

Deisinha Rocha vassourou...

sabe q qndo mais nova, aki em casa tinha um filtro de barro...

adoro água filtrada por este...
sai água geladinha, gostosa e com gosto de água...

rsrs


hj em dia, aki em casa tem um filtro elétrico...
tem água natural e água gelada...

bom tbm... mas ainda prefiro o de barro...

bjOo bruxx...



P.S.:gostei da nova imagem do cabeçalho...

Vírgula Antenada vassourou...

Então, li seu texto e liguei correndo pra minha avó. Ela me garantiu que, se lavada as velas do filtro com jeitinho e muito açucar esfregando na parte geladinha, fica limpinho e filtra sim!
Sempre quis vir no seu blog.
Beijinhos.
Ah, como Brasiliense devo dizer que citar um pedacinho da poesia de Oswaldo Montenegro foi como se dissesse "bem vinda"

Cássia Senna vassourou...

Adoreeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiii!!!!
O filtro de barro!

Bjusssss.

Fábio Buchecha vassourou...

Aqui em casa ainda tem um! Mas é verdade que a gente tem medo de beber a água dele. Só minha vó bebe. Eu prefiro minha água engarrafada, com gosto de hidróxido de ferro =]

Aliás Bruxx, citei você no meu post de hoje. Dá uma olhada =p

___________________________________
TemPraQuemQuer <<< Entra!

HordSama vassourou...

Nossa que saldade desse filtro... ha muito tempo que eu não lembrava que ele existiu... Na casa do meu avô tinha um eu nunca gostei de aguá gelada e sempre bebia desse filtro ae!!! confesso que adorava ficar bebendo agua dele mesmo não tendo vontade!!!

Claudia Lis vassourou...

Oi Bruxx,

Aí eu conheço sim! Na casa da minha avó era assim. E aqui em casa tem uma moringa pequena que compramos diretamente da cidadezinha que a produz (é um lugar bem bonito). A água fica friazinha né?

Beijo

Iza vassourou...

Na casa da minha sogra ainda tem um igual a este... Ela herdou da mãe. Embora nossa localização geográfica seja muito distante, nossa idade é próxima. Tenho 42 anos e lembro das mesmas coisas que tu. Nascemos na onda das discotecas.
Tuas palavras em meu blog ficaram registradas no coração. Como respirei mais aliviada e me senti mais motivada.
Beijos! Tu és iluminada!

Postar um comentário

Olá, Vassourante... bem vindo (a)!
Se você se identificou, se emocionou ou se divertiu com essa postagem, deixe o seu comentário.
Grata pela visita, volte sempre!