"O passado não reconhece o seu lugar... está sempre presente."
( Mário Quintana )
Vassourando - ativo desde 17/05/2007.

O Circo - bons tempos, bons momentos

By Bruxx


"Respeitável Público !!!!!!"

Que saudades disso.

Cadê os circos?
Eu me refiro àqueles circos de bairro, de vila... bem simples mesmo.
Claro que os circos, tais como Cirque de Soleil, .... estão aí... mas não é coisa pro povão... é mais pra gente fresca elite mesmo e, nem todos tem acesso.

Adoro circo... sempre me identifiquei muito com seus artistas.
Pessoas que mascaram seus sentimentos pra levar alegria aos seus expectadores.
A magia que os artista transmitem em suas atuações, os números de malabarismo, trapezismo, atiradortes de facas, palhaços... enfim, um verdadeiro espetáculo.
Hora sincansáveis de ensaios, tudo pra proporcionar um pouco de alegria.
Não vai me dizer que, viver feitos nômades, sem lugar fixo.. enfrentando oas mais diversas dificuldades, é viver bem.
Tudo bem, é uma opção... mas tá na veia, não tem jeito.
O meu respeito à todos os artistas circenses.

Lamento que esses lazeres tão simples, estejam se perdendo ao longo do tempo.
Gostosinho, simples e barato.

Até onde deu, continuei acalentando esse costume, com a molecada de casa.
Todos os meus sobrinhos e sobrinhas, bem como meu filho, tiveram o privilégio de conhecer o circo.
Eu os levava sempre que tinha um por perto.

Um segredinho de Bruxx...
Era comum, o Circo do Chiquinho (irmão da dupla Tonico e Tinoco), se instalar na região onde eu morava.
Em meados de 1977 , numa das vezes em que o circo se chegou, eu fui escondido assistir ao espetáculo (matei aula).
O circo era tão "fuleiro", que eu entrei por baixo da lona... mas eu adorava.
Afinal, era a primeira vez que ia à algum lugar, sem a companhia de irmãos ou irmãs.
Foi um sensação única.

Porém, entre uma apresentação e outra... o grupo musical, interpretou a música "Have you ever seen the rain? - Creedence Clearwater Revival.
Eu adoro essa música, por motívos que não sei explicar... simplesmente, ela mexe muito comigo (tema para outro post).
Mas o cara cantou tão bem, e olhando pra mim... nem preciso dizer que foi amor à primeira vista, né.
Coisa de menina... vê se pode? Cismei que queria ir embora com ele.
Claro que era só um devaneio mesmo... porque no fundo, eu sabia que era impossível.
Com 13 anos, ingênua...
Mas, foi um dos meus amores. Sim, porque eu tive vários.

No fim, minha mãe descobriu que eu fui ao circo (alguma língua maldita contou, é claro), tomei um cacete uma surra e fiquei de castigo até o circo ir embora.
Quando voltou, no ano seguinte, já não eram mais os mesmos artistas.
Fazer o quê?
Mas a música ficou na lembrança... assim como o cantor.

2 Comente aqui :

Claudio Flash Back vassourou...

Boa noite BRUXX!!!

Você me fez viajar pela minha infância, e sentir o cheiro das pipocas, o clima do picadeiro, a alegria dos palhaços e... claro, a "magia do Circo".
Como tudo era mais simples e a vida, mais inocente não???
É... saudades de um tempo mágico!!
E por falar em mágico, me lembrei de uma música chamada: "YOU CAN DO MAGIC", do grupo AMERICA.

Abraços

Claudio Flash Back

Bruxx vassourou...

Claudio Flash Back, meu Vassourante cativo!

Vendo você descrever suas lembranças e, citando a simplicidade e inocência... cada vez mais eu me convenç deo que vivemos uma época inesquecível.
Ouso dizer que, foi essa magia, que tornou nossa geração tão intensa.
Puts... grupo América, que saudade...!
Bons tempos, bons momentos!

Uma beijokinhas repletinha de energias azuis!

Postar um comentário

Olá, Vassourante... bem vindo (a)!
Se você se identificou, se emocionou ou se divertiu com essa postagem, deixe o seu comentário.
Grata pela visita, volte sempre!