O passado não reconhece o seu lugar... está sempre presente.
( Mário Quintana )

Tecnologia versus tarifas

0 Comente aqui
By Bruxx
Olá, caro (a) Vassourante !!!

Quando eu era criança pequena (risos), eu assistia aos desenhos dos Flinstones e dos Jetsons, simultaneamente... lá pelos idos dos anos 60.
Era levada de um extremo à outro, de pura fantasia e ficção.
Da arte do improviso de um, à genialidade tecnológica do outro.

Era muito louco, ver uma pia de louças sendo lavada pelo jato da tromba de um mamute e, por outro lado, uma empregada-robô, que fazia de "um tudo".

(clique nas imagens para ampliar)



Ao longo de décadas, vi a tecnologia avançar à passos largos. Muito além da minha utopia criativa de infância.

Hoje vivemos uma era quase "Jetsons-niana". Dispomos de máquinas para quase tudo. 
Ouso dizer que acabamos escravos, de boa parte delas.
Basta ver a crise de abstinência se manifestando, quando acaba a bateria do celular, ou quando cai o sinal da internet e da tv a cabo... pior ainda, quando acaba a energia elétrica.

Pensando mais friamente, a tecnologia acabou virando um algoz para nós, consumidores vorazes.
Difícil pensar na possibilidade de abrir mão do conforto que obtivemos através dela, não é mesmo?
Principalmente, essa geração de pestinhas crianças criadas no "leitinho de pera" que, mal aprendem a falar e andar, e já têm uma gama de tecnologia à mão.

Mas e agora... com o aumento do caralho absurdo da tarifa da energia elétrica, combustível, (entre outros)?
E a "quase obrigatoriedade" de economizar água (sob pena de multa), já que ela está virando artigo de luxo?

E o que dizer, então, sobre a natureza se rebelar e querer de volta o que dela foi tirado?
Aquecimento global, o roubo de madeira das nossas florestas, derrubada de árvores, a seca dos rios... isso também nos faria reféns.

Pelo andar da carruagem e, em pouquíssimo tempo, estaremos fodidos teremos de nos abster do conforto daquilo que conquistamos com tanto esforço. Eu, particularmente, batalhei horrores para conseguir minhas coisinhas.

Será que, em pleno século XXI, teremos que voltar aos tempos primórdios, voltando a usar o que nossos pais e avós usavam?

Não que eu seja contra, é claro.
Existem milhares de pessoas que vivem muito bem sem. 
Não, não é bem assim... vivem porque não têm acesso à essas modernidades.
Eu falo de nós, que já nos acostumamos, já ficamos "mimadinhos".
Dificilmente nos adaptaríamos è essa condição... de ser privado dos recursos que temos.

Nas imagens abaixo, uma alusão do que acabei de explanar.
Se tivéssemos que substituir, como seria?
Seria cômico, se não fosse trágico.

(clique nas imagens para ampliar)















Bom... é isso, gente.
Até a próxima!
Beijuxx da Bruxx !!!


Vassourando as lembranças do passado, desde 17/05/2007.
Related Posts with Thumbnails